SAÚDE

Evento reúne autoridades do hospital, da Ebserh, do GDF e do governo federal

Um dia de comemoração. Foi assim que as autoridades, presentes na cerimônia de entrega oficial da Maternidade, da UTI Neonatal, do Centro de Produção de Refeições e do Refeitório do Hospital Universitário de Brasília (HUB-UnB), descreveram o momento. A solenidade foi realizada no dia 9 de dezembro, no HUB.

Nos últimos dois anos, os espaços passaram por reforma e ampliação. Com isso, foi possível aumentar a capacidade e a qualidade do atendimento e garantir serviço mais humanizado à população. O governador do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, participou do evento. “É muito bom e emocionante começar o dia inaugurando uma maternidade e uma UTI neonatal. A maternidade é o local mais nobre de um hospital”, destacou.

O superintendente da instituição, Hervaldo Sampaio Carvalho, falou das melhorias e dos investimentos desde que a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) assumiu a gestão do HUB, em janeiro de 2013. “Temos um novo hospital, com novas dimensões, novas capacidades e pronto para servir a nossa comunidade”, afirmou.

As mudanças também foram destacadas pelo presidente da Ebserh, Newton Lima. Ele lembrou que o Tribunal de Contas da União analisou os três anos de funcionamento da empresa e aprovou a evolução, garantindo que os hospitais universitários estão se transformando com a gestão da Ebserh. “Esse é o nosso cartão de visita. Todas as delegações vêm ao HUB conhecer essa extraordinária transformação”, disse. “Queria realçar como melhorou, viramos cartão de visita. Fico muito orgulhoso com o trabalho de toda essa equipe que está aqui”, completou o reitor da Universidade de Brasília (UnB), Ivan Camargo.

O ministro da Educação, Aloizio Mercadante, também compareceu à solenidade e comentou a importância da criação da Ebserh. “A empresa é uma grande conquista. Sei que aqui nesse hospital os ganhos de eficiência são espetaculares. O acórdão do TCU faz elogios muito profundos à gestão da Ebserh”, lembrou ele.

CONTRATO - O secretário de Saúde do Distrito Federal, Fábio Gondim, afirmou que está em fase de negociação a assinatura de novo contrato entre o HUB e a secretaria, que integra a instituição à rede pública local. “Estamos na fase final de negociação para uma recontratualização. Tenho certeza de que essa etapa termina em mais uma semana e que vai abrir uma nova fase para o hospital. Vamos ampliar os serviços e os equipamentos disponíveis”, garantiu.

A nova contratualização também foi lembrada pelo governador do DF, Rodrigo Rollemberg, e pelo ministro da Educação, Aloizio Mercadante. “Temos todo o interesse em fortalecer e ampliar as parcerias com o HUB e a UnB. É estratégica essa união para que possamos enfrentar e superar os desafios da saúde pública no DF e no Brasil”, afirmou Rollemberg. “Estamos precisando muito disso. O governador precisa e nós também. Precisamos fazer mais com menos”, completou o ministro.

O superintendente do HUB, Hervaldo Carvalho, garantiu que o hospital está pronto para contribuir com a saúde pública do DF. “Estamos integrando completamente o HUB na rede e colocamos o nosso hospital à disposição. Estamos aqui para ajudar no que for necessário para que a saúde do DF possa ser a saúde que almejamos e sonhamos para a nossa cidade”, disse.

HOMENAGEM - Durante a cerimônia, foram homenageados seis pioneiros da Maternidade e da UTI Neonatal, representando todos os colaboradores dos locais. Entre eles, a professora Maria Elenice Ferraz. O nome dela foi escolhido para nomear a Maternidade. “Agradeço à Universidade de Brasília e a todos os meus colegas por dar o meu nome à Maternidade. Muitos poderiam estar ali, mas como dizem, algum bem eu fiz. Essa é a minha hora”, agradeceu Maria Elenice.

Também foram homenageados a enfermeira Maria Tereza Afonso Branco e os médicos Ana Maria de Souza Xavier, Antônio José Duarte Jácomo, Lucy Helena Prado Porto e Benedito Fernandes Pinto.