Luis Roberto Cardoso e Christiane Girard tomaram posse no auditório da Reitoria nessa terça-feira (15). Mandato será de quatro anos

Foto: Júlio Minasi/Secom UnB

Luis Roberto Cardoso, novo diretor do Instituto de Ciências Sociais (ICS) da Universidade de Brasília, e Christiane Girard, nova vice-diretora, tomaram posse na última terça-feira (15) no auditório do prédio da Reitoria. Na presença de seus antecessores, Sadi Dal Rosso e Carlos Sautchuk, respectivamente, além de outros professores, servidores e estudantes. A nova diretoria se comprometeu a, nos próximos quatro anos, criar espaços de diálogo permanente e valorizar atividades de ensino, pesquisa e extensão.

Para Cardoso, essa será uma das prioridades de sua gestão, que apoiará iniciativas dos Departamentos de Antropologia, Sociologia e do Centro de Pesquisa e Pós-Graduação sobre as Américas (Ceppac) e colaborará na articulação de atividades conjuntas, quando for o caso.

“Gostaríamos de dinamizar as funções da coordenação de extensão do Instituto nos projetos do ICS, no apoio a subunidade, para facilitar a organização de eventos que procurem articular práticas de extensão, em diálogo estreito com o ensino e a pesquisa. Eventualmente, tais práticas poderiam colaborar também para a ampliação e melhoria do diálogo entre as subunidades”, afirmou o novo diretor.

Luis Roberto Cardoso assume ICS para mandato de quatro anos. Foto: Júlio Minasi/Secom UnB

Outro tema que terá especial atenção dessa diretoria, segundo ele, será a reforma curricular. “Posso antecipar que uma das prioridades será concluir o processo de reforma da graduação, que vem sendo trabalhado sistematicamente, pelo menos, desde a gestão do professor Gustavo Lins Ribeiro, que antecedeu Sadi Dal Rosso na direção do ICS,” disse Cardoso.

Vice-diretora do Instituto, a francesa Christiane Girard ressaltou que a nova posição merece também uma necessária reflexividade. “Desejo saber escutar. Nossa expectativa é que cada um apresente o que será melhor para todos. E, para isso, há que se criar esse espaço de participação de maneira regular, incansavelmente,” declarou.

“É um novo grande desafio, particularmente para mim. Precisarei da ajuda de todos. Sei que os colegas querem que o Instituto continue a ser excelente no seu aspecto acadêmico. Eu também assim o quero hoje e amanhã, com muitas produções, encontros, diálogo. Sobretudo, desejo que o Instituto saiba dialogar com nossa pluralidade interna, com muito respeito e espírito de amizade. Vivemos muito tempo de nossa vida aqui e devemos apostar na paz,” enfatizou Christiane.

Para nova vice-diretora, objetivo da gestão é dar continuidade à excelência acadêmica do ICS. Foto: Júlio Minasi/Secom UnB

O ex-diretor do ICS, Sadi Dal Rosso, e o ex-vice-diretor, Carlos Sautchuk, aproveitaram para agradecer a todos que colaboraram com o crescimento das Ciências Sociais no período em que estiveram na direção do Instituto. “Creio que avançamos bastante,” afirmou Sadi Dal Rosso. “Quero desejar um excelente mandato e um excelente exercício ao Luis Roberto e à Christiane.”

O reitor da Universidade de Brasília, Ivan Camargo, parabenizou os novos membros da diretoria do ICS e reforçou a importância do Instituto para a UnB. “É o nosso melhor curso, o melhor curso do Brasil, há muitos anos com nota máxima na avaliação do Ministério da Educação. É referência nacional, e a responsabilidade de dar continuidade a essa excelência acadêmica é muito grande,” avaliou. “Posso garantir que, no que depender da Administração Central da UnB, terão todo o apoio. Tenho certeza que a continuidade desse trabalho será muito exitosa.”