LUTO

Uma das pioneiras da Psicologia no Brasil, docente faleceu nesta terça-feira, aos 88 anos

Foto: Reprodução/UnB Agência

A professora emérita da Universidade de Brasília Thereza Pontual de Lemos Mettel faleceu na madrugada desta terça-feira (3), aos 88 anos, em Brasília. A docente do Instituto de Psicologia foi referência para o desenvolvimento da ciência psicológica no Brasil.

Foi uma das responsáveis por introduzir e consolidar no país a pesquisa científica nas áreas de Psicologia Clínica, Psicologia Escolar e do Desenvolvimento Humano.

Na Universidade de Brasília, Thereza Mettel atuou na formação de alto nível de docentes, pesquisadores e psicólogos e foi uma das responsáveis pela transformação do Departamento de Psicologia em Instituto.

"A professora Mettel é um ícone e um dos pilares da Psicologia na UnB. Sua dedicação, pesquisa e contribuições para a área da Psicologia Científica são um legado para a Universidade e para o país", afirma a professora Gardênia Abbad.

Thereza Mettel participou da organização da Sociedade Brasileira de Psicologia e do desenvolvimento do ensino de pós-graduação e pesquisa científica. Também teve papel de destaque na fundação da Associação Nacional de Pesquisa e Pós-Graduação em Psicologia (Anpepp).

>> Nota de Pesar da Sociedade Brasileira de Psicologia pelo falecimento da professora Thereza Mettel

Contribuiu ainda para a estruturação e o funcionamento do Conselho Federal de Psicologia e de conselhos regionais, colaborando para a organização da profissão de psicólogo no país.

BIOGRAFIA – Mestre e doutora pela Universidade de Wisconsin (Estados Unidos), Thereza Mettel se especializou em Aconselhamento Psicológico (Universidade de Wisconsin-EUA), em Orientação Educacional (PUC-SP) e graduou-se em Letras Clássicas (PUC-RJ).

Ao final de 1963, foi convidada para colaborar com a criação do primeiro curso de graduação em Psicologia na Faculdade de Filosofia, Ciências e Letras de Ribeirão Preto, SP. Antes de voltar aos EUA, foi convidada para trabalhar na UnB e implantar um centro de atendimento psicológico a estudantes.

Entre dezembro de 1976 e fevereiro de 1979, foi Chefe do Departamento de Psicologia, vinculado ao Instituto de Ciências Biológicas (IB) da Universidade de Brasília. Também foi diretora do IB por quatro anos (1981 a 1985). Em 1987, participou da criação do Instituto de Psicologia e foi uma das fundadoras do Departamento de Psicologia Escolar e do Desenvolvimento (PED), ao qual ficou vinculada até sua aposentadoria em 1994.

Com 46 publicações no currículo, a pesquisadora participou da organização de periódicos científicos nacionais, em especial da Revista do Instituto de Psicologia da Universidade de Brasília (Psicologia: Teoria e Pesquisa, nível A no sistema QUALIS-CAPES e de circulação internacional), da qual participou como editora no período de 1989 a 1991. Foi também membro fundador da Revista do Conselho Federal de Psicologia (Psicologia: Ciência e Profissão), participando da elaboração das diretrizes e política de publicação dessa Revista.

>> Confira mais detalhes da biografia de Thereza Pontual de Lemos Mette