ESPORTE


Atividade une habilidades de futebol, vôlei, handebol e basquete. O criador, Cristiano Hoppe Navarro, é da Universidade

Foto: Divulgação

 

Uma nova modalidade esportiva tem ganhado espaço entre os atletas da Universidade de Brasília: futmanobol, jogo que combina fundamentos de futebol, vôlei, handebol e basquete. A UnB é um dos poucos lugares do Brasil onde se joga o futmanobol e é aqui que se encontra o criador do novo esporte, Cristiano Hoppe Navarro, que é técnico desportivo na Coordenação de Esporte e Lazer, vinculado à Diretoria de Esporte, Arte e Cultura (DEA-DAC).

As matrículas para duas turmas da disciplina Prática Desportiva - Futmanobol estão abertas até dia 29: uma será ofertada às terças e quintas, das 18h às 19h, e a outra, às quartas e sextas, no mesmo horário. As atividades ocorrerão no ginásio e no campo do Centro Olímpico da UnB e qualquer interessado, mesmo que não tenha vínculo com a Universidade de Brasília, poderá participar. Neste segundo semestre letivo, as vagas estão abertas apenas para o público masculino, mas Cristiano Navarro adianta que já está prevista a inclusão de turma feminina no primeiro semestre de 2017.

 

Foto: Júlio Minasi/Secom UnB

A ideia de criar o jogo surgiu em 2005. À época, aos 17 anos, Cristiano estava no primeiro ano do curso de Educação Física, na Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Mas apenas em 10 de setembro de 2010, foi realizada a primeira partida de futmanobol, disputada por ele e alguns amigos. “A ideia era criar um jogo onde se utilizava pés, mãos ou qualquer outra parte do corpo”, explica. “Eu diria que é 100% do futebol, mais 50% do vôlei, mais 25% do handebol e mais 25% do basquete”, brinca Cristiano, apaixonado por esportes.

Por conseguir trabalhar várias partes do corpo numa mesma atividade, o técnico desportivo o considera um jogo completo e destaca outras particularidades. “Além de ser um exercício físico intenso, há também o raciocínio rápido para identificar a melhor forma de dar prosseguimento a cada jogada”, relata. Cristiano ressalta também o caráter democrático da modalidade, por permitir que pessoas com diferentes aptidões físicas e oriundas de diversos esportes possam praticá-lo.
 

>> Saiba mais sobre as regras do futmanobol

 

HISTÓRICO – Pouco tempo depois da primeira partida, Cristiano mudou-se para Brasília e continuou os estudos na UnB. Na Universidade, os jogos se tornaram frequentes em 2012, quando a prática desportiva de futmanobol foi ofertada como disciplina aos estudantes. Ali, se dava o primeiro contato da comunidade acadêmica com o jogo. Mais tarde, entre 2012 e 2013, Cristiano integrou a Atlética da UnB e conseguiu incluir a modalidade nos Jogos Internos da Universidade (JIUnBs). O segundo ano de disputa contou com a participação de 10 equipes.

Em busca de popularizar a modalidade, Cristiano levou o jogo para outras faculdades e escolas. E, com alguns amigos, improvisou jogos de futmanobol, nas proximidades dos estádios de futebol durante a Copa do Mundo de 2014. Ele conta que planeja repetir a estratégia nas Olimpíadas, a fim de buscar não somente novos adeptos, mas também empresas ou pessoas físicas interessadas em investir no crescimento do desporto.