COMUNICAÇÃO

Com trajetória dedicada à Universidade, professores Fernando Oliveira Paulino e Liziane Soares Guazina assumem a direção da FAC

De estudantes a diretores da Faculdade de Comunicação da Universidade de Brasília (FAC/UnB). Com declarações emocionadas de reconhecimento à instituição, Fernando Oliveira Paulino e Liziane Soares Guazina tomaram posse nesta terça-feira (1º) nos cargos de diretor e vice da cinquentenária unidade acadêmica. "Tenho uma conexão de carne e coração com esta Universidade", disse Paulino aos cerca de 150 presentes na cerimônia realizada no Auditório Pompeu de Sousa. "A UnB é a nossa alma mater", afirmou Guazina.

Graduado, mestre e doutor pela FAC, o diretor empossado iniciou o mandato de quatro anos com agradecimento ao público e ao apoio dos mais de 94% da comunidade que elegeram sua chapa. Paulino informou que pretende desenvolver uma gestão de referência com a participação ativa de professores, técnicos e estudantes. "Nosso maior desejo nos próximos anos é consolidar a faculdade como instituição de referência local, regional, nacional e internacional".

Para implementar o plano de ações proposto, o novo gestor classifica como "essencial" o mapeamento do cenário atual e dos desafios. "Com tal levantamento, que inclui uma participação discente com a apresentação de expectativas, sugestões e encaminhamentos, teremos uma espécie de, para usar linguagem audiovisual, argumento, ou seja, em termos jornalísticos, uma lista de pautas, talvez uma espécie de briefing ou de instrumentos básicos para definição de metas e ações, utilizando do referencial publicitário ou de comunicação organizacional".

Liziane Soares Guazina disse que assume o cargo com "muita honra e alegria". Ela confidenciou que a nova experiência a fez divagar sobre o tempo e a rápida transição entre a vida estudantil e a carreira docente. Também defendeu o envolvimento da comunidade acadêmica nas decisões da faculdade. "Queremos uma gestão compartilhada, dialógica e acessível", disse a vice-diretora, que tem seus principais diplomas e títulos universitários expedidos pela UnB.

Mesa da cerimônia de posse: professores David Renault (e), Fernando Paulino, Sônia Báo, Liziane Guazina e Gustavo de Castro

 

CERIMÔNIA CALOROSA - Aplausos intensos e expressões de apoio deram o tom da solenidade de posse, que marcou ainda a despedida do diretor David Renault e do vice Gustavo de Castro. Os agora ex-gestores foram ovacionados em reconhecimento aos últimos oito anos de trabalho. "Pelo carinho dos aplausos, a gente percebe que a gestão do professor David foi marcante na faculdade", disse a vice-reitora Sônia Báo.

Renault e Castro também foram homenageados pelos novos diretores com flores e uma placa de agradecimento em nome da FAC. Já os recém-empossados receberam manifestações de jovens estudantes munidos de cartazes com mensagens descontraídas como #partiu e #tamojunto. Paulino e Liziane lecionam e orientam na graduação e na pós-graduação da faculdade, que oferece os cursos de Audiviovisual, Comunicação Organizacional, Jornalismo e Publicidade e Propaganda. 

Além da comunidade universitária, a cerimônia contou com a presença da deputada federal Luiza Erundina (PSB/SP). Ex-prefeita de São Paulo, ela teve a participação mencionada por Paulino, que é paulistano e estudou em escola pública do bairro do Jabaquara durante a administração da parlamentar no fim dos anos de 1980. 

CONQUISTAS RECENTES - David Renault ressaltou as transformações da Faculdade de Comunicação nos últimos anos. A unidade acadêmica, que tem cerca de 1,2 mil alunos de graduação e pós, ampliou a oferta de vagas e criou o inovador curso de Comunicação Organizacional. O quadro docente saltou de 38 para 59 professores durante a última administração.

Novos diretores Fernando Paulino e Liziane Guazina

O ex-diretor mencionou ainda a reforma de espaços físicos e a ocupação mais adequada de espaços no subsolo da faculdade. Lembrou-se da realização de eventos e seminários nacionais e internacionais e do apoio à publicação de livros e periódicos. Renault demonstrou orgulho ao falar da produção acadêmica local e da presença constante de estudantes em listas de premiados em festivais e congressos.

"Estou encerrando mais uma das importantes etapas da minha vida, desde que deixei a gloriosa Santana dos Brejos", disse em referência à cidade natal, na Bahia. Renault disse deixar a direção da FAC com a consciência do dever cumprido. "Fiz tudo o que estava ao meu alcance", garantiu.

DESAFIOS - Entre as missões anunciadas para a nova gestão estão a recuperação de espaços físicos, a adequação climática de salas de aula e a realização de campanhas para reduzir ruído no ambiente da faculdade. A ampliação do número de técnicos é outra das necessidades anunciadas. A vice-reitora Sônia Báo disse que a administração superior será solidária no que for necessário para a consolidação da FAC.

Em relação ao desempenho acadêmico, elevar a nota do programa de pós-graduação - avaliado com nota 4 pela Capes - é um dos principais desafios. "A campanha ou as metas de gestão da comunicação, o veículo ou o filme pronto obviamente não dependerá apenas do diretor ou da vice-diretora da faculdade. Será resultado de sinceras pactuações e, claro, utilização das regras e compromissos institucionais que assumimos e que levem aos ajustes necessários", disse Paulino, pouco antes de se emocionar ao comentar que há exatos 13 anos perdia o pai, vítima da Doença de Chagas.

Palavras-chave