LUTO

Em nota oficial, Coordenação dos Direitos da Mulher reafirma a missão de assegurar os direitos da comunidade acadêmica

A Coordenação dos Direitos da Mulher, da Diretoria da Diversidade da Universidade de Brasília (UnB), lamenta e se indigna com a morte de Louise Maria, aluna do curso de Biologia. Na manhã de sexta-feira (11/03) ficamos perplexas(os) com a notícia do assassinato da estudante.

Este é um momento de dor para toda a comunidade universitária, mas também de reflexão. O assassinato de Louise apresenta características de feminicídio e se soma a tantas outras violências (físicas, psicológicas, sexuais, morais) cometidas contra as mulheres, parte de uma cultura machista que tenta submetê-las. A Diretoria da Diversidade está fundamentada nos direitos humanos relativos aos valores da justiça, liberdade, solidariedade, igualdade, combate ao preconceito e à intolerância, com vistas à formação de valores ético-humanísticos, voltados à consolidação de uma sociedade mais justa. Nesta hora de luto, reafirmamos nossa missão de assegurar os direitos da comunidade universitária em relação às questões de gênero, raça, etnia e orientação sexual.

A Coordenação dos Direitos da Mulher se solidariza com a família e amigos de Louise. Oferecemos nossas condolências e colocamo-nos à disposição para conceder o apoio necessário. Desejamos força para superar esse momento tão difícil.

Decanato de Assuntos Comunitários

Diretoria da Diversidade

Coordenação dos Direitos da Mulher

 

Palavras-chave