VIVER BEM

Instituição está constantemente engajada em realizar melhorias para garantir qualidade de vida a estudantes, docentes e técnicos administrativos

 

Ações focam o bem-estar da comunidade dos quatro campi da UnB. Foto: Raquel Aviani/Secom UnB

 

A UnB envida esforços para promover melhorias e inovações que aumentem o bem-estar social dentro dos seus quatro campi, que contabilizam uma circulação diária de mais de 60 mil pessoas, dentre estudantes, docentes e técnicos administrativos.

 

Com a aprovação de plano de obras junto ao Conselho de Administração (CAD), a Universidade tem se dedicado para realizar obras que impactem na melhoria de condições de segurança, acessibilidade ou para recuperação estrutural, incluindo as que atendam a recomendações do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF). 

 

Há também ações para adequação de espaços construídos, reformas e melhorias, principalmente para unidades que tiveram expansão acadêmica sem expansão física e ampliação da infraestrutura (inclusive da rede elétrica e de esgoto). É o caso da inauguração de laboratórios, como os da Faculdade de Tecnologia (FT), atendendo mais de quatro mil graduandos em engenharias com uma infraestrutura voltada exclusivamente às atividades práticas e extracurriculares da graduação. Com 2.400 metros quadrados, a edificação conta com nove laboratórios, duas salas de informática, uma de projetos, uma de tutoria e um espaço de inovação.

 

A Faculdade de Ciências da Saúde (FS) também recebeu reforço de infraestrutura: sete novos laboratórios, três salas de aula, uma sala de informática, um centro de webconferência e uma área de simulação de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), localizada na nova edificação do complexo, a Unidade de Laboratórios de Ensino de Graduação (Uleg).

 

Com objetivo de agilizar fluxos e integrar equipes, unidades administrativas passaram a funcionam em novos endereços. É o caso do Protocolo e alguns decanatos da Universidade que, entre outros setores, saíram do prédio da Reitoria para outros locais no campus Darcy Ribeiro. O remanejamento, embasado em estudo técnico realizado pelo Centro de Planejamento Oscar Niemeyer (Ceplan) da Secretaria de Infraestrutura (Infra) da UnB, foi resultado do crescimento da Universidade e, consequentemente, de vários setores gerenciais.

 

As obras de eficiência energética já entregues e em curso traduzirão redução de gastos no futuro. Recentemente, a UnB inaugurou obras pequenas, porém de grande impacto, no Centro de Informática (CPD). É o caso da construção de um reservatório de óleo diesel para abastecer o gerador da Universidade – obra esperada desde a inauguração do prédio, em 2012 – que permitirá maior autonomia em situações emergenciais de queda de energia.

 

A Biblioteca Central (BCE) também passou por novidades, com a ampliação de vagas de estudo: agora são mais de 350 novas. Além disso, houve expansão nos horários de atendimento aos usuários, passando a funcionar 24 horas em dias úteis. Assim, o principal salão de estudos e alguns serviços estarão disponíveis a toda população também durante a madrugada.

 

BEM-ESTAR – Compreendendo que a saúde física e mental é essencial para o bem-estar humano, a Universidade mantém comissão que trabalha na elaboração de política institucional de saúde mental e qualidade de vida. Nesse sentido, o Decanato de Assuntos Comunitários (DAC) concentra suas ações na promoção de esporte, lazer, alimentação saudável, cultura e ações que incluam a diversidade, as pessoas com deficiência e em vulnerabilidade. Neste ano, criou a Diretoria de Atenção à Saúde da Comunidade Universitária (Dasu/DAC), que promove, entre muitas ações, uma roda de terapia comunitária gratuita.

 

A UnB dispõe de alguns serviços de apoio a estudantes e servidores (docentes ou técnico-administrativos) que estejam em vulnerabilidade psicossocial, como o Centro de Atendimento e Estudos Psicológicos (Caep), vinculado ao Instituto de Psicologia (IP), que atende a comunidade universitária e oferece os serviços a público externo de baixa renda.

 

A Diretoria de Desenvolvimento Social (DDS/DAC), por exemplo, presta assistência a estudantes em vulnerabilidade socioeconômica que estejam com dificuldades psicológicas. O acolhimento é realizado com psicólogos e assistentes sociais, por meio de escuta qualificada e acompanhamento. Situações consideradas graves são encaminhadas pela equipe profissional para outros serviços especializados dentro e fora da instituição.

 

Para servidores – docentes e técnico-administrativos –, cuidados ao adoecimento psíquico relacionado ao trabalho são concedidos na Diretoria de Saúde, Segurança e Qualidade de Vida no Trabalho (DSQVT/DGP). São ofertados serviços de acolhimento psicossocial, de intervenção em crise e de escuta qualificada relacionada ao trabalho.

 

>> Conheça os serviços de apoio psicológico disponíveis na UnB e em outros pontos do DF 

 

EFICIÊNCIA – Nos últimos anos, a UnB tem dedicado esforços para aprimorar e modernizar seus processos para alcançar maior eficiência em suas atividades e estreitar sua relação com a sociedade. Em junho deste ano, entrou em vigor o controle eletrônico (SIGRH) de frequência dos servidores técnico-administrativos da UnB. A novidade se deu por meio da Resolução nº 19/2019 do Conselho de Administração (CAD), que dispõe sobre o tema. 

Conheça alguns números sobre a vida comunitária da UnB. Arte: CAI/Secom UnB

 

A normativa foi elaborada após série de reuniões de debates com a comunidade universitária. Além de conferir maior transparência, o sistema de controle de ponto dá mais flexibilidade e autonomia para os técnicos, como o acompanhamento do crédito ou débito de horas de trabalho, como já ocorre em outros órgãos públicos. 

 

Há também o programa Simplifica UnB, que engloba diversas ações capitaneadas pela gestão superior da universidade para descentralizar processos e dar mais autonomia a institutos e faculdades.

 

É o caso da introdução de uso de documentos digitais na instituição, como o próprio diploma, ação em que a UnB é pioneira entre as instituições federais de ensino superior. Estudantes da graduação e pós-graduação conseguem emitir o certificado por meio acesso à plataforma da UnB, de forma rápida. Só em 2018, 3.133 diplomas foram assinados digitalmente.

 

Outros documentos, como histórico escolar, declaração de monitoria e declaração de período de curso também podem ser obtidos via internet. Foram mais de 45 mil documentos emitidos em 2018.

 

A ação também disponibilizou o peticionamento eletrônico, uma ferramenta digital que permite aos estudantes de graduação solicitar pela internet vários tipos de documentação, eliminando a necessidade de se dirigir a um dos postos avançados da Secretaria de Administração Acadêmica (SAA) nos campi. Os pedidos são feitos via Sistema Eletrônico de Informações (SEI).

 

Pelo sistema, já é possível solictar aproveitamento de estudos, alteração de opção (cursos e turma, por exemplo) e, muito em breve, trancamento justificado.

 

O processo de Aproveitamento de Estudos via Peticionamento Eletrônico no SEI, por exemplo, obteve resultados muito positivos, recebendo 2.493 pedidos, que tiveram o prazo médio reduzido de 30 dias para 12 dias em 2019, conforme dados da Secretaria de Administração Acadêmica (SAA).

 

SEGURANÇA – Uma prioridade das ações da gestão da UnB é ampliar a sensação de segurança dentro dos campi. Com isso em mente, foi insituído um comitê de segurança com membros da comunidade interna e externa, trabalhando política de segurança da insitituição.

 

Várias ações têm sido empenhadas nesse sentido, como a criação de corredores de segurança, rondas motorizadas, podas de árvores, reposicionamento de parada de ônibus. Houve também criação de sistema de videomonitoramento com a instalação de 350 câmeras de vigilância, e de cadeiras elevadas no campus Darcy Ribeiro, mudança estratégica nas rondas. O resultado tem sido a redução média dos principais crimes, segundo Secretaria de Segurança Pública (SSP).

  

As ações são pautadas em estudos com a comunidade e articulação de parceria com órgãos de segurança (Corpo de Bombeiros, Polícia Militar, Polícia Civil, Polícia Federal, Detran).

 

Leia também:

>> Excelência em graduação e pós conduz resultados da UnB

>> UnB divulga sua infraestrutura de pesquisa e inovação

ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.

Palavras-chave