OPORTUNIDADES

Quatro iniciativas do DEX irão fomentar realização de projetos em 2023. É possível candidatar propostas até 3 de fevereiro

 

Pibex, Repe, Programa Casas Universitárias de Cultura e Licenciaturas em Ação estão com inscrições abertas. Artes: DEX

O Decanato de Extensão (DEX) da Universidade de Brasília publicou quatro editais para fomento às ações de extensão em 2023: do Programa Institucional de Bolsas de Extensão (Pibex), da Rede de Polos de Extensão (Repe), do Programa Casas Universitárias de Cultura (CUC) e do Licenciaturas em Ação. Em todos os casos, as inscrições de propostas vão até o dia 3 de fevereiro. Os resultados serão divulgados no dia 24 de fevereiro, com prazo para recursos. O resultado definitivo será divulgado em 1º de março. 

 

As ações de extensão devem obedecer a Resolução da Câmara de Extensão (CEX) 1/2020. É importante lembrar que não há trâmite pelo Sistema Eletrônico de Informações (SEI), somente no Sistema Integrado de Gestão Acadêmica (Sigaa). O Decanato de Extensão (DEX) também preparou uma cartilha com orientações para a submissão de propostas no Sigaa.

 

PIBEX – O programa vai conceder até 560 bolsas para fomentar a participação de estudantes em Projetos de Extensão de Ação Contínua (Peac). São até duas bolsas de extensão por projeto de extensão nas áreas de Comunicação, Cultura, Educação, Meio Ambiente, Direitos Humanos e Justiça, Saúde, Tecnologia e Produção, e Trabalho.

 

>> Acesse o edital

 

"Estamos tentando estimular mais a comunicação ativa dos projetos e a participação deles em atividades de extensão promovidas pelo DEX ao longo do ano. Queremos que os projetos sejam ainda mais parceiros das atividades promovidas diretamente pelo Decanato”, diz Alexandre Pilati, diretor técnico de Extensão.

 

Uma das novidades para 2023 é a recomendação de registrar os produtos de extensão gerados pelo projeto na Biblioteca Digital de Extensão da UnB (BibliodEx). Criada pela Biblioteca Central (BCE), a BibliodEx é um ambiente digital dedicado à reunir, organizar e divulgar para a sociedade em geral a produção intelectual relacionada com as atividades de extensão. Para submeter um produto, é possível utilizar o Formulário de Submissão de Itens da plataforma.

 

REPE – Este edital visa consolidar a Rede de Polos de Extensão (Repe) e ampliar a presença da Universidade de Brasília no Distrito Federal e Entorno a partir do fomento de ações de extensão nos cinco Polos da UnB – Chapada dos Veadeiros, Kalunga, Regional Ceilândia, Regional Paranoá e Regional Recanto das Emas.

 

Serão selecionados 75 projetos, no máximo 15 para cada Polo, com total de 150 bolsas de extensão. A ideia é integrar projetos que já são realizados e estimular a criação de novas propostas.

 

>> Acesse aqui o edital unificado dos polos de extensão

 

A novidade é que os polos vão atuar de maneira regional a partir de 2023, abrangendo uma área maior. “No início, os polos estavam ligados a uma localidade. Com a realização dos projetos, percebemos que precisava expandir”, explica Silvia Ribeiro, que coordena a Rede de Polos de Extensão da UnB (Repe).

  

>> Saiba mais

 

Além das bolsas, os projetos farão parte de um Programa de Extensão vinculado a cada Polo, e contará com com apoio financeiro com valor a ser definido pelo DEX, com dois terços destinados a atividades coletivas. O objetivo é viabilizar e valorizar a realização articulada do conjunto de ações previstas.

 

Cada Polo, e, portanto, Programa de Extensão, terá um coordenador, que fará jus a auxílio financeiro a pesquisador. O coordenador do Polo deverá organizar o Fórum Sociocultural Local, que tem datas definidas no edital. 

 

CASAS DE CULTURA – Lançado pela Diretoria de Difusão Cultural do Decanato de Extensão (DDC/DEX), o Edital Casas Universitárias de Cultura (CUC) irá selecionar os projetos de extensão que acontecerão nas dependências da DDC, com direito a recebimento de bolsas para estudantes.

 

>> Acesse o edital

 

Voltada para a comunidade acadêmica da Universidade de Brasília, a iniciativa está aberta para projetos nas áreas de Arquitetura, Meio Ambiente e Preservação; Artes Visuais; Audiovisual; Comunicação; Dança; Design; Humanidades e Ciências Sociais; Literatura; Mediação Cultural; Música; Preservação, Patrimônio e Memória; Teatro; e Transdisciplinaridade.

 

As propostas selecionadas deverão ser planejadas para a Casa da Cultura da América Latina, no Setor Comercial Sul, ou para a Casa Niemeyer, no Park Way, ou para o Memorial Darcy Ribeiro (Beijódromo), no campus Darcy Ribeiro da UnB, Asa Norte.

 

Além de apoiar a participação de professores(as) e de estudantes de graduação da UnB e seus respectivos projetos de extensão, o edital prevê um aporte financeiro para apoiar as propostas aprovadas, com foco em ações prioritariamente coletivas. Além de ações correntes do projeto, espera-se ao menos uma ação pedagógica (ações de capacitação/formação como oficinas, cursos ou ações educativas) durante a vigência. As atividades propostas deverão ser presenciais.

 

>> Saiba mais

 

LICENCIATURAS EM AÇÃO – Promovida junto ao Decanato de Ensino de Graduação (DEG), a iniciativa vai oferecer bolsas para ações relacionadas à educação básica no Distrito Federal. Os projetos selecionados irão receber até quatro bolsas e irão compor o Programa de Integração UnB+Escola.

 

>> Acesse o edital 

 

O UnB+Escola busca ampliar a relação da UnB com as escolas públicas de educação básica, visando potencializar a formação inicial de professores e promover o desenvolvimento de projetos educacionais inovadores para apoiar o processo de ensino e aprendizagem. 

 

Serão recebidos projetos nas seguintes linhas: parceria entre universidade e escola, formação inicial e continuada de professores, projetos interdisciplinares para desenvolvimentos de métodos e materiais inovadores e pesquisa sobre o Programa de Avaliação Seriada (PAS) da UnB.

 

“A parceria com as escolas públicas é muito importante para fortalecer a relação entre a Universidade e as escolas do DF e Entorno. É ali que os estudantes das licenciaturas vão desenvolver seus saberes docentes”, afirma o professor Marcelo Cigales, coordenador de Integração das Licenciaturas (CIL/DEG). 

 

SUBMISSÃO – No Sigaa, as propostas de extensão estão divididas em alguns tipos: projeto, programa – composto de, no mínimo, três projetos –, curso, evento, produto – decorrente de atividades de extensão –, e prestação de serviço. Depois de finalizado o cadastro e o projeto submetido à aprovação, a proposta recebe o status Aguardando aprovação dos departamentos. Assim, o coordenador de extensão deverá dar a autorização para que a proposta siga o fluxo.

 

Após a autorização, a proposta assume o status Submetida no Sigaa. A partir de então, a DTE realiza, em até dois dias úteis, a análise técnica e devolve ao proponente para editar, caso a proposta precise de ajustes, ou distribui a proposta para avaliação da proposta pelo Comitê de Extensão.

 

Na avaliação, é importante que o projeto cumpra diversos critérios, entre eles o protagonismo discente, com pelo menos um estudante indicado como membro da equipe executora, e o envolvimento da comunidade externa nas atividades de extensão.

 

Com a proposta aprovada, ela adquire o status Em Execução, Aprovado sem recursos ou Aprovado com recursos. Em seguida, será possível inserir os planos de trabalho dos membros da equipe. No caso de cursos e eventos, será possível abrir as vagas e habilitar as inscrições do público.

 

Durante a realização das ações de extensão, o coordenador deverá enviar o Relatório Parcial de Atividades de Extensão e, após o término, terá até 30 dias para enviar o Relatório Final de Atividades de Extensão. O não envio impedirá a submissão de novas propostas e a participação em editais lançados pelo DEX.

 

O Sigaa também permite a renovação simplificada de ações após o término: por três vezes no caso dos programas, e uma única vez no caso dos projetos.

 

Para cadastrar uma proposta, basta fazer o seguinte caminho no Sigaa: Portal do DocenteExtensãoAções de ExtensãoSubmissões de propostasSubmeter proposta.

 

As propostas devem ser submetidas no mínimo 15 dias úteis antes do início de sua realização e devem ser executadas dentro de um mesmo ano.

 

EXTENSIONISTAS – A carga horária docente para a extensão não pode ser superior a 48 horas mensais. É necessário ter discente de graduação na equipe, e sua carga horária não pode ser superior a 15h.

 

Caso o projeto não tenha bolsas de extensão, os estudantes devem ser cadastrados na área dos membros de equipe, como voluntários ou outras funções disponíveis. O caminho a ser seguido é: Portal do docenteExtensãoAções de ExtensãoGerenciar AçõesGerenciar Equipes Organizadoras.

 

No caso dos projetos com bolsas de extensão, os estudantes devem ser cadastrados na área do plano de trabalho e/ou na área de equipe. Os bolsistas podem ser cadastrados apenas na área de plano de trabalho, enquanto os voluntários, em qualquer uma das duas, ou em ambas.

 

RENOVAÇÃO – A renovação pode acontecer quando a ação estiver com o status Concluída no Sigaa. Para um projeto ser considerado concluído, deve-se cadastrar o relatório final da ação. Se o projeto possuir bolsistas, eles devem fazer o relatório de discente no Sigaa, e o coordenador da ação deve aprovar ou reprovar o relatório.

 

Para cadastrar relatório final do projeto, o caminho é: Portal do docenteExtensãoRelatóriosRelatórios de Ações de Extensão.

 

Dúvidas sobre o cadastramento de propostas no Sigaa podem ser tiradas pelo DTE/DEX pelo e-mail Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo..

  

Confira o evento de lançamento dos Editais de Extensão para 2023:


 

Leia também:

>> Campanha Janeiro Branco estimula comunidade a cuidar da saúde mental

>> Em entrevista, professor analisa atos de vandalismo na Praça dos Três Poderes

>> Reitora da UnB participa de encontro com presidente Lula

>> Professor Luis Afonso Bermúdez recebe título de Emérito

>> Comissão do Plano Diretor oferece primeira oficina participativa com comunidade acadêmica

>> INT lança edital de intercâmbio

>> Matrizes de Referência do PAS são atualizadas

>> Administração superior projeta passos da UnB em 2023

>> Lista de aprovados na primeira chamada do Vestibular 2023 é divulgada

>> Consuni realiza primeira reunião de 2023

ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.