ÓRGÃOS COLEGIADOS

Conselho também aprovou a inédita concessão de título de Honra ao Mérito a cinco egressos da instituição, além de apreciar o relatório de atividades da Capro

Política de Direitos Humanos foi apreciada por comissão presidida pela professora do Instituto de Psicologia Silviane Barbato. Imagem: Reprodução/UnBTV

 

A Universidade de Brasília tem agora uma política para a promoção dos direitos humanos e erradicação de atos discriminatórios na instituição. A resolução sobre o assunto foi aprovada pelo Conselho Universitário (Consuni) e prevê ações transversais a serem instituídas pela UnB, além de medidas de prevenção a violações, em diversos âmbitos, considerando a diversidade da comunidade universitária.

 

"É uma resolução muito importante, que materializa a proposta feita pelo Conselho de Direitos Humanos", disse a reitora Márcia Abrahão. A proposta de política foi apresentada pelo CDH, estabelecido pela Reitoria em 2018. As diretrizes já vinham sendo aplicadas em ações de setores da Universidade, como o Decanato de Assuntos Comunitários e a Prefeitura, mas a institucionalização traz mais força às determinações.

 

"Esta é também uma oportunidade de fortalecimento da nossa democracia interna, especialmente neste momento, de grande significado", frisou a professora Mônica Nogueira, da Faculdade UnB Planaltina, que presidiu a comissão do CDH responsável pela proposta.

 

No Consuni, a apreciação da política ficou a cargo de comissão presidida pela professora Silviane Barbato, do Instituto de Psicologia. No parecer, o grupo ressaltou a "sempre atual e premente necessidade de promover o respeito e reconhecimento dos direitos humanos no Brasil" e a "a importância de a Universidade de Brasília assumir um papel de protagonismo nesse sentido".

 

HOMENAGEM – O Consuni também aprovou, por unanimidade, a concessão de título de Honra ao Mérito a cinco ex-alunos da Universidade: Fernanda Pinto Werneck, Flavio Du Pin Calmon, João Paulo Lima Kaxinawá, Leonardo Bursztyn e Myriam Jimeno Santoyo.

 

O título, cuja criação foi aprovada no ano passado, é inédito. A proposta é que, anualmente, seja indicado um egresso de cada uma das cinco áreas do conhecimento para receber a honraria, sempre próximo ao aniversário da UnB – celebrado no próximo dia 21 de abril.

 

O parecer sobre as indicações foi lido pelo relator, o vice-reitor Enrique Huelva. Conselheiros felicitaram as indicações e a iniciativa de concessão da Honra ao Mérito. "Nossos egressos têm muita qualidade. Foi gratificante ver isso, deixou toda a comissão com muito orgulho", comentou o professor Sandro Haddad, diretor da Faculdade UnB Gama (FGA) e integrante da comissão que avaliou as indicações.

 

PROJETOS – Outro assunto da reunião foi o relatório de atividades de 2020 da Câmara de Projetos, Convênios, Contratos e Instrumentos Correlatos (Capro). No ano passado, a Universidade captou R$ 169 milhões, em 108 projetos, de todas as áreas do conhecimento. Os valores são um pouco menores se comparados a 2019, por conta dos efeitos da pandemia. Naquele ano, foram 139 projetos, com um total de R$ 187,7 milhões.

 

Ainda assim, os resultados mapeados pela Capro são robustos. "Somente de projetos de combate à covid, tivemos 200 propostas aprovadas, cerca de cem delas com recursos. As prestações de conta disso tudo vão gerar produtos de P&D [Pesquisa e Desenvolvimento], que são importantes para a melhoria de nossos indicadores de excelência acadêmica", pontuou a decana de Pesquisa e Inovação, Maria Emília Walter.

 

Conselheiros também destacaram a importância do trabalho executado pela Capro. "Uma apresentação como essa seria impossível há cinco anos. Não tínhamos dados mapeados. O esforço disciplinador é muito bom, compreende uma participação de toda a Universidade e ainda está em construção", afirmou o diretor da Faculdade de Administração, Contabilidade, Economia, e Gestão de Políticas Públicas (Face), Eduardo Tadeu Vieira.

 

LOCKDOWN – Nos informes, a reitora mencionou o envio, na última quinta-feira (8), de ofício ao governador Ibaneis Rocha, pedindo a adoção de isolamento social mais rígido para conter a covid-19 no Distrito Federal. O pedido foi feito juntamente à superintendente do Hospital Universitário (HUB), Elza Noronha, após a análise de dados epidemiológicos e das previsões para as próximas semanas.

 

A gestora e o vice-reitor também se solidarizaram com as pessoas que têm perdido entes queridos durante a pandemia. "O dano psicológico em nossa comunidade tem sido muito grande com essas perdas, especialmente agora, quando, em muitos casos, estamos há mais de um ano sem contato com as pessoas que estão falecendo", comentou o vice-reitor.

 

Confira a 480ª reunião do Consuni: 

 

Leia também:

>> Cuidando da mente, do corpo e da espiritualidade

>> Projeto da UnB que ensina português a refugiados e imigrantes em vulnerabilidade cresce na pandemia

>> Promovidas pela primeira vez totalmente on-line, ações do Mês da Mulher se destacam

>> Relembre ações da UnB em pouco mais de um ano após a deflagração da pandemia de covid-19

>> Lia Zanotta recebe título de Professora Emérita

>> Dasu realiza grupos focais na segunda etapa da pesquisa de saúde mental

>> Reitoria fará parte do Fórum de Mulheres da UnB

>> Coordenação da UnB monitora condições de saúde de membros da comunidade acadêmica

>> UnB discute política integrada de assistência aos discentes

>> Atendimento humanizado a pacientes com covid-19 ganha destaque

>> Hospital Universitário de Brasília abre mais 30 leitos de enfermaria de covid-19

>> À frente de várias esferas de gestão da Universidade, mulheres se destacam na superação da pandemia

>> Unidades devem elaborar planos de contingência locais

>> Com agravamento da pandemia, UnB faz mudanças em processos seletivos

>> UnB divulga guia de recomendações para prevenção e controle da covid-19

>> Em webinário, DPI lança portfólio e painéis com dados sobre infraestrutura de pesquisa e inovação da UnB

>> Webinário apresenta à sociedade projetos de combate à covid-19

>> Copei divulga orientações para trabalho em laboratórios da UnB durante a pandemia de covid-19

>> Coes publica cartilha com orientações em caso de contágio pelo novo coronavírus

>> UnB cria fundo para doações de combate à covid-19

ATENÇÃO – As informações, as fotos e os textos podem ser usados e reproduzidos, integral ou parcialmente, desde que a fonte seja devidamente citada e que não haja alteração de sentido em seus conteúdos. Crédito para textos: nome do repórter/Secom UnB ou Secom UnB. Crédito para fotos: nome do fotógrafo/Secom UnB.